São Paulo sonha alto no basquete: “Não vamos só disputar” Tricolor apresenta elenco à imprensa e projeta brigar pelos títulos do Paulista e no NBB

O São Paulo apresentou à imprensa nessa sexta-feira (26) o elenco da temporada 2019/2020, que disputará o Campeonato Paulista e o NBB nos próximos meses. Em evento que contou com a participação do presidente Carlos Augusto de Barros e Silva, os jogadores tiveram seu primeiro contato com os jornalistas como atletas do São Paulo e o técnico Cláudio Mortari indicou que a expectativa é ver o Tricolor disputando o título nas duas competições.

Para o treinador, o São Paulo conseguiu montar um grupo que dosará a experiência de jogadores como Shamell e Jefferson e Holloway com jovens talentos como Georginho, Cassiano, Danilo entre outros. Essa combinação é a aposta para o time chegar em condições de almejar títulos.

“Temos uma equipe mesclada, com alguns atletas mais experientes e outros novos em busca de objetivos. É importante ter esse confronto de ideias para que funcione. É um contraste de jogadores que se complementam. E não vamos entrar só para participar, ou só para disputar a competição. Nosso tamanho é muito grande para termos uma simples participação. Nosso intuito é alcançar a melhor classificação possível, que é ser campeão” avaliou o treinador.

Entusiasta da modalidade, o presidente Carlos Augusto de Barros e Silva reforçou o compromisso do clube em investir em outras modalidades – além do basquete, o Tricolor terá uma equipe de vôlei feminino em parceria com o Barueri e já garantiu o acesso à Série A1 do Campeonato Brasileiro de futebol feminino – e relembrou a alta aceitação da torcida à iniciativa.

“Uma instituição desse porte não se limita ao esporte que criou sua identidade. Os torcedores acolhem e promovem e é um fator de desenvolvimento para essas atividade que precisam ser desenvolvidas e prestigiadas. Nós tivemos apenas a consciência que isso é um fator da boa prestação de serviço à sociedade através do esporte”, pontuou.

Impressionados com a estrutura do clube, os jogadores ficaram empolgados com as possibilidades do time no ano e acreditam que a tendência é o entrosamento transformar a qualidade individual em força coletiva para alcançar as vitórias.

“É uma experiência nova, mas estou motivado. Jogar num clube de camisa, de torcida, você joga com mais vontade de trazer as pessoas que às vezes não tem uma familiaridade com o basquete para uma partida e faz elas quererem voltar. Sabemos que não será fácil, mas estamos prontos”, avaliou o ala Shamell, maior pontuador da história do NBB.

O São Paulo começa a nova temporada na próxima quarta-feira (31), diante do Basquete Osasco, no Ginásio Geodésico. No dia 3 de agosto o Tricolor enfrenta o Mogi, também fora de casa. O primeiro jogo em casa será no dia 8, contra o Pinheiros, às 20 horas.O São Paulo apresentou à imprensa nessa sexta-feira (26) o elenco da temporada 2019/2020, que disputará o Campeonato Paulista e o NBB nos próximos meses. Em evento que contou com a participação do presidente Carlos Augusto de Barros e Silva, os jogadores tiveram seu primeiro contato com os jornalistas como atletas do São Paulo e o técnico Cláudio Mortari indicou que a expectativa é ver o Tricolor disputando o título nas duas competições.
Para o treinador, o São Paulo conseguiu montar um grupo que dosará a experiência de jogadores como Shamell e Jefferson e Holloway com jovens talentos como Georginho, Cassiano, Danilo entre outros. Essa combinação é a aposta para o time chegar em condições de almejar títulos.
“Temos uma equipe mesclada, com alguns atletas mais experientes e outros novos em busca de objetivos. É importante ter esse confronto de ideias para que funcione. É um contraste de jogadores que se complementam. E não vamos entrar só para participar, ou só para disputar a competição. Nosso tamanho é muito grande para termos uma simples participação. Nosso intuito é alcançar a melhor classificação possível, que é ser campeão” avaliou o treinador.
Entusiasta da modalidade, o presidente Carlos Augusto de Barros e Silva reforçou o compromisso do clube em investir em outras modalidades – além do basquete, o Tricolor terá uma equipe de vôlei feminino em parceria com o Barueri e já garantiu o acesso à Série A1 do Campeonato Brasileiro de futebol feminino – e relembrou a alta aceitação da torcida à iniciativa.
“Uma instituição desse porte não se limita ao esporte que criou sua identidade. Os torcedores acolhem e promovem e é um fator de desenvolvimento para essas atividade que precisam ser desenvolvidas e prestigiadas. Nós tivemos apenas a consciência que isso é um fator da boa prestação de serviço à sociedade através do esporte”, pontuou.
Impressionados com a estrutura do clube, os jogadores ficaram empolgados com as possibilidades do time no ano e acreditam que a tendência é o entrosamento transformar a qualidade individual em força coletiva para alcançar as vitórias.
“É uma experiência nova, mas estou motivado. Jogar num clube de camisa, de torcida, você joga com mais vontade de trazer as pessoas que às vezes não tem uma familiaridade com o basquete para uma partida e faz elas quererem voltar. Sabemos que não será fácil, mas estamos prontos”, avaliou o ala Shamell, maior pontuador da história do NBB.
O São Paulo começa a nova temporada na próxima quarta-feira (31), diante do Basquete Osasco, no Ginásio Geodésico. No dia 3 de agosto o Tricolor enfrenta o Mogi, também fora de casa. O primeiro jogo em casa será no dia 8, contra o Pinheiros, às 20 horas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s